sábado, 28 de fevereiro de 2009

Para os que ainda nao nasceram

Envia uma mensagem para as crianças que ainda não nasceram:
Em cima da estante está, deixada só para ti, uma caixa. Esta contém um pedaço de um puzzle conhecido como vida. Está envolto em culpa mas bem selado. Consegues completá-lo antes do tempo acabar? Nadando nas cinzas deste puzzle, iluminados por um desejo nascido no escuro, suspiramos e dissertamos acerca da eternidade. Quem sabe se a tua alma vai ter o destino que predestinaste? Aquela que vendeste para enganar o mundo… se sentes que não és incluído, finge que o és pois, podendo testar um homem, não conseguimos prender o homem culpado. Se enjaulares um animal não vais de certo conter a sua raiva. Há coisas que não controlamos. Fugimos mas não nos escondemos. Passamos pelas quatro fases deste puzzle sem saber o que fazemos aqui. Podemos simplificar a teoria de Freud, comparando-a quatro simples garrafas: biberão, coca-cola, vinho e garrafa de soro. Grosso modo brincamos com o nosso estatuto de impotência perante aquele que é o maior desafio de todos. Mas o coração do homem jovem é sempre engolido pela dor à medida que se sente à parte. Se fingimos, somos hipócritas, se nos damos, sofremos…

1 comentário:

... disse...

Este texto descreve na perfeição a noção real da vida. A utilização da teoria de Freud ás quatro garrafas, foi magnifica, pois é bem verdade!Continua escritor! Está muito bom! ;) ***