segunda-feira, 5 de julho de 2010

Não contes a ninguém...

Fi-lo outra vez...
Desisti...
É tão complicado manter-me longe...
persegue-me, consome-me...


Chorei porque não queria!
Gritei porque tinha de o fazer...


Voltei lá. Senti-te por instantes...
Não estavas...

Haverá algum dia que não o faça?
Não contes a ninguém...

1 comentário:

... disse...

Tens de por de lado de vez aquilo que te magoa o coração e procurares a felicidade. Nunca esta longe, nós é que nunca a vemos.